12 DISCOS DE 2010

Lá vai a lista com os melhores álbuns de 2010.
E chega de 2010.
12 – Salem – King Night
11 – Two Door Cinema Club Tourist History
10 – Pantha du Prince – Black Noise
9 – Matthew Dear – Black City
8 – Massive Attack – Heligoland
7 – Arcade Fire The Suburbs
6 – Mount Kimbie – Crooks & Lovers
5 – Hot Chip – One Life Stand
4 – The National – High Violet
3 – These New Puritans – Hidden
2 – LCD Soundsystem –  This is Happening
1 – Caribou – Swim
Anúncios

ESSES FLOPARAM BONITO!

Muito se falou, muito se escreveu. Mas não adiantou. Mesmo com todo o burburinho (ou justamente por causa disso), esses aí embaixo foram 100% FAIL em 2010:
Interpol – ‘Interpol’ – Ô disquinho arrastado
Underworld – ‘Barking’ – Foram fazer parceria com o High Contrast com dez anos de atraso
Danger Mouse + Sparklehorse – A dobradinha não ornou
Duck Sauce (Armand Van Helden + A Trak) – Essa então ornou menos ainda. Farofada sem fim.
Chromeo – Quem ainda aguenta essa ‘disco’?
MIA – Cafona, panfletária, óbvia. Uma adolescente, enfim.
Magnetic Man – O dubstep flertando abertamente com o pop (isso não é problema) e errando feio. Nos vocais, principalmente.
Kings of Leon – Alguém esperava mesmo alguma coisa?
Weezer – ‘Hurley’A capa e o nome dizem tudo, né?

12 MÚSICAS DE 2010

Foi difícil, mas consegui selecionar as 12 músicas que mais bombaram no TambaTowers esse ano. Em ordem de preferência. Lá vai:
12 Little Dragon – Never never
11 Sleigh Bells – A/B Machines
9 Scuba – Before
8 Hot Chip – I feel better
7 Chemical Brothers – Another world
6 Matthew Dear – Little people (black city)
5 Pantha du Prince – Stick to my side
4 Ramadanman – Glut/Work Them
3 Caribou – Jamelia
2 LCD Soundsystem – Dance yrself clean
1 Nicolas Jaar – A time for us

TRIO TERNURA

O Resident Advisor, pela primeira vez, abriu sua eleição de melhor DJ do mundo para o público. Esqueça aquela farofada armada da eleição da DJ Mag. O site australiano é referência segura quando o assunto é dance music.

 

top-100-dj-03  

 

Como era de se esperar, Villalobos, Hawtin e Luciano encabeçaram a lista, ocupando primeiro, segundo e terceiro lugares, respectivamente. Quem chega cheio de moral são os romenos Rhadoo, Raresh e Inspirescu, os nomes da vez do techno.

 

top-100-dj-02

 

Tem também a nova geração da house que importa (Dixon, Prosumer), alguns nomes clássicos certeiros (Garnier, François K, Vath), alguns do electro (Boys Noize)  e outros do dubstep (Appleblim, Skream). É um who’s who da mais alta categoria da eletrônica hoje.

 

top-100-dj-01-ricardo-villalobos

Todos os DJs têm página especial e já fizeram podcast exclusivo para o site. Procure no seu torrent preferido.