JON HOPKINS SALVA PARCERIA DO DISCLOSURE COM A LORDE

Precisou o Jon Hopkins chegar na área para salvar da desgraça completa uma das piores músicas que o mundo pop já viu em muito tempo: ‘Magnets’, parceria do Disclosure com a Lorde.

A equação foi simples: abafar quase que 100% a produção do Disclosure. Na sequência, elimina TOTALMENTE a voz da menina-carão e solta um pancadão quase industrial embaixo disso tudo.

Resultado: entra fácil na lista de melhores de 2015.

Anúncios

DISCLOSURE FAZ MERDA COM CLÁSSICO DO UK GARAGE

E o Disclosure pegou ‘Booo!’, do Sticky, cantado pela Ms Dynamite, e fez uma versão completamente frouxa do clássico do UK Garage. Lançada em 2001 pela FFRR, a ‘Booo!’ original é um paraíso para quem gosta de bass gordo e sujo, e ainda tem o vocal nervosinho e non-stop de Ms Dynamite.

A versão do Disclosure rolou no Live Lounge, da Radio 1, com participação da própria Ms Dynamite, e foi para um lado mais cool e elegante, perdendo quase toda a agressividade que fazia a graça da música. Mas o pior mesmo foi aquele timbre de baixo usado para o momento do pancadão. O que é aquilo? Sintetizador de videokê?

Tem as duas versões aí embaixo para efeito de comparação.

A original:

 

A versão de videokê:

disclosure_170713

DISCLOSURE – ‘CONTROL’ (JOE GODDARD REMIX)

O Disclosure é uma dupla de moleques de Londres que botou na rua um EP festejadíssimo pela Greco-Roman, selo do Joe Goddard, o gordinho do Hot Chip.

Baseada fortemente nos graves e com muito uso de vocal, tem gente chamando a dupla de future garage, souful garage, ou o ainda mais genérico bass music. Na verdade nada disso importa.

O que importa é que o remix de Goddard deu um clima bem sombrio a ‘Control’. Bem bacana.