SAIU A NOVA DO CHEMICAL BROTHERS!

Música nova do Chemical Brothers sempre dá uma alegria no coração.

Disco novo, ‘Born in the echoes’, em julho.

Anúncios

PRIMAL SCREAM – ‘STUKA’ (TWO LONE SWORDSMAN REMIX)

Tento arrumar essa música há anos: CD, mp3, vinil, Beatport, Juno, legalizado, pirata e… nada.

É um remix ~épico~ do Andrew Weatherall (sob a alcunha de Two Lone Swordsman) para ‘Stuka’, um dos destaques do ESPETACULAR ‘Vanishing Point’, álbum do Primal Scream de 97, afogado em ecos e distorções.

Para contextualizar: PS e Weatherall nasceram um para o outro. Foi Weatherall que em 91 arrancou o Primal daquela pasmaceira Rolling-Stones-wannabe em que estava a banda e a jogou num caldeirão de shoegaze, gospel, acid house e ecstasy.

Daí saiu o ‘Screamadelica’, marco para Weatherall, para o grupo e para tooooda a música pop – ocupando a vaga de álbum que jogou a cultura rave definitivamente para o mainstream britânico. E o outro ponto alto do entrosamento do casal é justamente ‘Vanishing Point’.

Inquieto que é, Weatherall, não satisfeito em apenas produzir o disco, resolveu remixar ‘Stuka’. Virou uma jornada de mais de dez minutos, com os elementos originais da música todos presentes, porém esticaaaaados, pesados, mais potentes.

A qualidade do áudio no vídeo abaixo não é incrível, mas dá pro gasto. Fico imaginando ouvir isso num soundsystem poderoso e com o grave caprichado. Ê laiá….  =D

Primal Scream

JAMIE XX – ‘GOSH’

Sai daqui a pouco o álbum mais esperado de 2015: ‘In Colour’, do Jamie XX. É, ele mesmo, finalmente. Dois ou três singles já circulam por aí.

E ontem o rapaz soltou ‘Gosh’, uma locomotiva cheia de débitos com a música jamaicana, com os graves mais gordos deste lado do Oeste. Se o álbum todo for assim… Deus nos ajude.  =D

Tracklist:

01 Gosh
02 Sleep Sound
03 Seesaw [ft. Romy]
04 Obvs
05 Just Saying
06 Stranger in a Room [ft. Oliver Sim]
07 Hold Tight
08 Loud Places [ft. Romy]
09 I Know There’s Gonna Be (Good Times) [ft. Young Thug and Popcaan]
10 The Rest Is Noise
11 Girl

Não perco esse maluco no Sónar nem fudendo.

jamie-xx-in-colour

jamiexxcov

NÃO OUÇO UMA MÚSICA RUIM COMO ‘NASTY’, DO PRODIGY, EM MUITO TEMPO

É difícil ser o Prodigy e lançar um álbum em 2015 sem soar velho. A julgar por ‘Nasty’, single que rolar por aí antecipando o trabalho novo, não vai dar pra eles.

Tá tudo errado ali: os timbres são os mesmos de 97 e as intervenções vocais são inacreditavelmente ruins. Parece um rascunho esquecido na versão final do disco.

A agressividade que move a música talvez seja a única pontinha de esperança que levo comigo para ouvir o álbum inteiro de coração aberto. Tomara que dê certo.