TRÊS ÁLBUNS DE HIP-HOP EM ALTA ROTAÇÃO

1) CLIPPING – ‘clippng’

A junção de um rapper, dois produtores e a Sub Pop fazem deste um disco ousadíssimo – produção nervosa, meio suja. Mais inclinada para os climas tensos do que para os black grooves. ‘Work, work’ e ‘Body and blood’ são os destaques. Estão aí embaixo.

clipping-clppng-2500px

 

2) SHABAZZ PALACES – ‘Lese Majesty’

Este disco tem ‘cara de futuro’ por conta da altíssima criatividade na criação das batidas e no uso de samples. O Shabbaz Palaces é liderado por Ishmael Butler, ex-Digable Planets. Meio cheio de interlúdios demais (pra quê, meu Deus, pra quê?), o que deixa tudo meio cansativo ao fim. Mas não deixe essa besteira te atrapalhar.

shabazz-palaces-lese-majesty

 

3) THE ROOTS – ‘And then you shoot your cousin’

Veteranaços e excelentes músicos, fizeram um álbum conceitual, bem denso, com muitos samples e falatório na medida. O disco é todo bom, mas ‘The Dark’ é espetacular. A melodia do piano é linda de doer, e a batida seca e arrastada lembrou muita coisa de trip-hop. Sem o rap em cima da batida, ‘The Dark’ poderia estar em qualquer disco do Portishead, por exemplo.

the-roots-and-then-you-shoot-your-cousin-cover-art

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s