MATTHEW AQUI, MATTHEW ALI

Enquanto o Matthew Herbert vai musicar as notícias do Guardian (???), o Matthew Dear vai colhendo os frutos de ter lançado um dos melhores álbums de 2010, ‘Black City’.

Dear é um dos pilares resistentes da dance music nos EUA. Natural de Detroit, sua persona Audion lançou consistentes e muito bem sucedidos singles de techno minimalista ao longo da década.

Versátil e inquieto, o músico é também sucesso quando assume seu lado pop, como é o caso dos discos ‘Asa Breed’ e, agora, ‘Black City’. O moço é bem chegado num Bowie, as músicas têm um groove excelente, alguns climas são meio sombrio e Dear canta de um jeito todo peculiar.

Olha como essa música é boa pra cacete:

Anúncios

MAIS UM PSICODÉLICO

O Shit Robot é da trupe da DFA Records, que dificilmente decepciona. Esse single vai na onda disco-cool-de-bpm-baixo.

É mais um clipe na onda psicodélica. Mas até que ficou bom.

O vocal é da japa Nancy Whang (que canta no LCD e no Juan MacLean). Para contextualizar mais: é dela o vocal espetacular na inesquecível ‘Happy House’ (é, a música é isso tudo sim).