TÁ LIGADO NO GRAVÃO?

O gravão do dubstep? Não? Então beleza. Vai nesse timeline muito decente que o NME fez pra situar os perdidos no subgênero mais relevante do underground em muito tempo (faltou ‘Night’, do Benga, mas tá valendo).

Se tá esperando climão praia-cool-descolado, desiste. A onda aqui tá mais pro sombrio, cheio de vocal picotado, batida lenta e grave monstro.

Tem quem goste, tem quem despreze, tem quem acha chato. Vou colocar um vídeo do Burial pra ilustrar a bagaça porque foi a coisa mais redonda produzida pelo estilo nesses mais ou menos dez (oito? seis?) anos de existência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s